sábado, 4 de outubro de 2008

PÉ DE LIVRO



Foto de Marcos Serra Lima
Local: Paraty (RJ)


Durante a Flipinha, evento paralelo à Festa Literária Internacional de Paraty com programação infanto-juvenil, é debaixo das árvores, em plena Praça da Matriz, que as crianças podem exercitar uma das práticas mais defendidas pelas ruas da cidade: ler. É ali que muitos livros ficam pendurados nos galhos, prontos para serem “colhidos”. Obras como O Diário de Anne Frank, Marcelo, Marmelo, Martelo de Ruth Rocha, e as clássicas histórias de Chapeuzinho Vermelho e da Branca de Neve estiveram à disposição das crianças, que contaram com a ajuda de mediadores para se divertirem na companhia dos livros.
Blog do Galeno Amorim - 17/09/08

5 comentários:

Anônimo disse...

É uma coisa bem legal pois alem de lerem num lugar diferente ,chama a atençao de quem passa por aquele lugal e incentiva a leitura que isso possa dar resultados positivos.

joao batista disse...

É uma coisa bem legal pois alem de lerem num lugar diferente ,chama a atençao de quem passa por aquele lugal e incentiva a leitura que isso possa dar resultados positivos. joao batista

Anônimo disse...

É um projeto muito interessante
pois está fazendo com que crianças saiam das ruas e se interessem pela leitura,seria uma boa idéia se aqui em jacobina estivesse um projeto assim ,pois apesar de termos uma biblioteca pública poucas pessoas tem acesso ou não se interessam por ela, se expor livro na praça muita pessoas ficariam curiosas e começariam a pegar os livros e ler e assim muitos jovens se interessariam e pegariam o habito de ler. josielma

ione disse...

esta foi uma idéia maravilhosa, uma verdadeira incentivação. Jacobina deveria ocorrer projetos como esses,pois este tipo de ação causaria curiosidade nas pessoas e elas acabariam lendo mesmo que fosse por curiosidade.
ione,2 A

Anônimo disse...

Pró achei esse coentário super interessante porque, podemos ver e aprender como uma história tipo a de "CHAPEUZINHO VERMELHO" pode ser transformada de um modo tão fantástico.
Eu gostei muito e pretendo aprender como fazer de uma história,um documentário tão importante.PARABÉNS!!!!

Priscila 8 série B